Sustentabilidade - Cimento Nacional

UMA POLÍTICA SUSTENTÁVEL, QUE RESPEITA O MEIO AMBIENTE

Com ações que contribuem para minimizar o efeito da ação do homem nas gerações futuras.

Relatório de Sustentabilidade

O Relatório de Sustentabilidade da Cimento Nacional demonstra nosso comprometimento com a transparência nos nossos negócios, a melhoria contínua dos nossos processos e o desenvolvimento sustentável. Pautados por esses compromissos, aprendizados, conquistas e alicerçados sob os nossos valores: Simplicidade, Objetividade, Respeito e Excelência em tudo que faz e; suportados por nossa gente positiva, com certeza estamos preparados para novos desafios.

Relatório de Sustentabilidade
Caderno Resumo

Faça o download

Clique aqui
Relatório de Sustentabilidade

Faça o download

Clique aqui

MONITORAMENTO AMBIENTAL

A Cimento Nacional possui o compromisso com a conservação dos recursos naturais, através da redução dos impactos ambientais relacionados às suas atividades, considerando constantemente esses elementos na manutenção e melhoria contínua de seus processos e produtos.

A Cimento Nacional realiza diversos monitoramentos em suas unidades com acompanhamento sistemático das variáveis ambientais, em cumprimento às condicionantes do segmento e planos de controle e gestão ambiental.

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

Aderente à Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, a Cimento Nacional, através do seu Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS, tem como prática a coleta seletiva e destinação adequada de todos os resíduos gerados em suas Unidades e promove a gestão integrada de resíduos sólidos através do reaproveitamento máximo de cada um dos resíduos gerados em seus processos.

Tanto os resíduos industriais gerados durante o processo produtivo, quanto àqueles gerados nas estruturas de apoio como escritórios, são segregados na sua fonte de origem, caracterizados ao serem levados para as Centrais de Resíduos onde ficam armazenados conforme tipologia até serem destinados para reciclagem, reutilização, destruição ou tratamento.

Toda destinação é controlada e os resíduos são enviados para empresas devidamente licenciadas. Atualmente mais de 50% dos resíduos são destinados para reciclagem ou reutilização.

Outra forma de destinação inclui o Coprocessamento - uma alternativa ambientalmente adequada, pois utiliza os resíduos sólidos industriais como fonte de energia de fornos de cimento, ajudando a reduzir as emissões de CO2 e diminuição da quantidade de rejeitos em aterros sanitários.

  • Ações Sustentáveis BC (Plantios, recuperação de áreas degradadas)

  • Reuso da água (Estação de Tratamento de Efluentes com reuso do efluente tratado)

A Cimento se preocupa com o bem-estar social e tem projetos fixos e frequentes

com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da sociedade e toda a comunidade.

 

Esportes

Clique aqui e saiba mais

Cultura

Clique aqui e saiba mais

Voluntáriado

Clique aqui e saiba mais

Educação

Clique aqui e saiba mais

Coprocessamento

O respeito ao planeta é um dos valores da Cimento Nacional. Um dos processos que a empresa realiza neste sentido, e que faz toda a diferença para preservação ambiental, é o Coprocessamento: técnica que consiste na destruição térmica de resíduos industriais e/ou urbanos em fornos de clínquer.

O processo funciona da seguinte forma:
1. Recebemos os resíduos de diversos processos industriais ou de origem urbana;
2. Realizamos testes em nossos laboratórios para garantir que os resíduos atendam os pré-requisitos necessários para serem coprocessados;
3. Armazenamos temporariamente em galpões das nossas unidades industriais os resíduos aprovados;
4. Finalmente os resíduos são alimentados no forno de clinquer para substituição de matéria prima ou combustíveis, aonde são termicamente destruídos.
 

O Coprocessamento contribui diretamente para o Meio Ambiente, pois é dado uma destinação final, sem geração de novos resíduos e diminui a exploração de recursos naturais não renováveis (coque, gás, calcário, argila, entre outros).

Interessado em destinar resíduos, clique aqui.

Vantagens do coprocessamento:

Redução das emissões de CO2;
Redução do consumo de combustíveis e matérias primas oriundos de fontes naturais não renováveis;
Destinação definitiva de resíduos sem geração de cinzas;
Redução da disposição de resíduos em aterros;
Contribuição à saúde pública (eliminação de pneus).

A Cimento Nacional orgulha-se em compartilhar que possui algumas das instalações mais modernas do país, com capacidade para coprocessar anualmente mais de 250.000 toneladas de resíduos (classe I e II). Suas unidades estão localizadas nos municípios de Sete Lagoas (MG), Matozinhos (MG), Arcos (MG), Cantagalo (RJ) e Pitimbu (PB) e todas possuem medidas rigorosas de controle e monitoramento ambiental.

O Coprocessamento de Resíduos fomenta a economia circular, alavanca a criação de valor para a Cimento Nacional além de aumentar sua competitividade no mercado, destacando o seu compromisso com a sustentabilidade e a busca

Na Cimento Nacional a Saúde e Segurança do Trabalho (SST)

São crenças que ocupam o primeiro lugar. A empresa busca a preservação da integridade das pessoas, a minimização dos riscos no ambiente de trabalho e demonstramos claramente a preocupação com a vida e o respeito com os colaboradores. Este trabalho impacta diretamente na promoção do bem-estar do time e tem um papel fundamental para sustentabilidade do negócio.

Cuidar de pessoas é uma prioridade da Cimento Nacional, que não mede esforços para implementar projetos que garantam a saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores – sejam eles próprios ou terceiros – fornecedores, clientes, parceiros e comunidades.

A Cimento Nacional constantemente procura e investe nos melhores padrões e diretrizes de segurança do trabalho e saúde ocupacional. Um exemplo é o projeto “Governança em SST” que busca de forma contínua a redução da acidentalidade, com o objetivo de alcançar o patamar do zero dano às pessoas e uma sólida cultura de SST.

Para o acompanhamento e monitoramento das diretrizes e metas estabelecidas, a Cimento Nacional adota indicadores como: Desvio Zero, Comportamento Seguro, Abordagens de Segurança (Liderança), Inspeções, Melhorias implantadas e outros.

Como base nas diretrizes da “Governança em SST” a empresa busca manter o foco e a atenção nos seguintes aspectos:

• Liderança visível e percebida;
• Conceito de “Dono de Área”;
• Mudança comportamental (abordagens de segurança, “Desvio Zero!” e treinamentos);
• Identificação e tratativa dos desvios (base da Pirâmide de Acidentalidade);
• Gestão de SST das empresas contratadas (prestadores de serviços).

Na Cimento Nacional, a “Cultura de SST” e a redução da acidentalidade demandam uma disciplina operacional intensa e rigorosa, por isso há o acompanhamento contínuo com foco nas questões comportamentais.